16/11/2019 - FALANDO DE MODO CLARO

Para tua perda, ó Israel, te rebelaste contra mim, contra o teu ajudador.

Oseias 13.9

Às vezes, tento imaginar o que se passa no coração de quem ainda não foi salvo e digo: “Isso não pode ser assim”. Será que a pessoa que não toma a atitude que tomei, quando tinha seis anos de idade, veio com falta de entendimento, ou eu aceitei Jesus por medo de ir para o Inferno? Uma coisa é certa: pensar nisso me transtornou. Mas por que adiar a mais importante decisão da vida?

O que move o Senhor? Por que esse empenho tão grande de enviar pessoas para falar do Seu amor aos perdidos? Muitas deixam de pensar em si mesmas ou de seguir uma carreira promissora, a qual lhes daria mais recursos na velhice. O porquê da dedicação do Altíssimo me fascina – eu mesmo sou um daqueles que Lhe deu ouvidos. Jesus é muito lindo!

Somos tão preciosos para Deus, a ponto de esse amor justificar tanta luta para abrir os olhos dos ímpios? Essas perguntas ajudam, mas, enquanto não chegarmos aos Céus, ao mundo da perfeição, não compreenderemos o coração do amado Pai. No versículo destacado, dá para se ter um vislumbre do que faz o Senhor Se esforçar tanto para evitar a condenação de alguém.

Não há outro modo de resolver essa questão. Deus não poderia ter emitido um decreto, no qual diria que todos já estão salvos, independentemente do tipo de vida que levam. Ora, a perdição é eterna, e não haverá segunda oportunidade. Aquele que deixar para decidir depois perceberá o quanto errou ao fazer isso. Creia: o Senhor age em nosso favor, porque Ele é amor.

A rebelião dos israelitas não causaria problema ao Altíssimo, a não ser o pesar pela má decisão deles; afinal, o prejuízo seria totalmente deles. Quem se recusa a aceitar Jesus como Salvador é igual a uma criancinha que se solta das mãos protetoras de seus pais, a fim de atravessar uma estrada com carros em alta velocidade. Ela não entende o perigo nem sabe o que perderá se morrer naquela hora.

Você está preparado para se encontrar com o Senhor, ou se acha tão insignificante que Ele não Se importa com você? Isso não é verdade. Você foi feito à semelhança de Deus, que planejou muitas bênçãos para sua vida. Por causa do pecado de Adão, a humanidade foi separada do Criador; por isso, se você não nascer de novo, jamais terá contato com Ele.

O novo nascimento é mais do que a união da pessoa com o Todo-Poderoso; é a recriação do verdadeiro ser. Jesus declarou que, se alguém não nascer de novo, nunca verá o Reino dos Céus nem entrará nele (Jo 3.3,5). Sem essa experiência, você deixará de experimentar a felicidade do Reino da perfeição. Quer conhecer o Senhor como dEle você é conhecido? (1 Co 8.3)!

Em Cristo, com amor,

R. R Soares