27/11/2019 - O ENDEREÇO DA DIVINA ADVERTÊNCIA

Ouvi a palavra do SENHOR, vós príncipes de Sodoma; prestai ouvidos à lei de nosso Deus, vós, ó povo de Gomorra. 

Isaías 1.10

Deus usou Isaías para dar um recado a dois grupos principais da sociedade da época: um era composto pelo povo e o outro formado por príncipes – autoridades que criavam as leis, que as aplicavam e executavam as demais tarefas da vida da nação, inclusive a liderança religiosa. Esta tem grande peso no que acontece em todos os segmentos da população. O segundo grupo deveria ouvir a Palavra do Senhor.

Todas as pessoas comparecerão ante o tribunal de Cristo, para receberem de acordo com o que tiverem feito por meio do corpo, bem ou mal (2 Co 5.10). Os legisladores não sabem o quanto sofrerão se fizerem leis injustas, nem os governantes, que fazem propostas prejudiciais ao povo, como diminuição de renda, aumento de impostos, dentre outras. Quem se entrega à corrupção e ao roubo receberá a pena eterna, mesmo que tenha sido condenado pela lei terrena.

Quando o indivíduo ouve a Palavra de Deus, aprende o que é bom para todos e evita a elaboração de leis nocivas a qualquer parcela da população. Ora, às vezes, cria-se uma onda de perseguição aos ricos, mas eis a pergunta: “Ter bens é errado?”. Quem defende a socialização dos bens sabe que esse modo mau de tratar os ricos jamais funcionou em nenhuma parte da Terra, pois são eles que dão emprego aos pobres.

Não importa a que grau crescerá a ação do reino maligno na população; se os “príncipes de Sodoma” ouvirem a Palavra de Deus, poderão consertar os erros. É impossível o diabo destruir a Igreja do Senhor, porque Jesus disse que as portas do Inferno não prevalecerão contra ela (Mt 16.18). Portanto, não se assuste com notícias da parte do homem; a que vem do Altíssimo nos promete libertação pelas Escrituras.

Quanto ao “povo de Gomorra” que não se dobrar à sua prática, se permanecer fiel como o justo Ló, receberá o livramento pela operação dos anjos de Deus. O lago de fogo e enxofre não tem nada conosco, como nada pôde fazer a Ló e sua família a chuva de fogo e enxofre que caiu sobre aqueles que se acostumaram ao pecado. Os justos abraçarão as notícias de que tudo está liberado. Não ouça a mentira!

Aquele que ouve a lei do nosso Deus escapará da condenação anunciada e certa. O temor ao Senhor preservará a quem se propuser a fazer o bem, caminhando ao lado do Todo-Poderoso. Nunca se esqueça da lição do Altíssimo aos que viviam em Sodoma e Gomorra, para que escape da destruição eterna. Os noivos das filhas de Ló riram de que choveria fogo e enxofre do céu, mas eles pereceram. Vigie e ore!

Os dias de sofrimento que hão de vir sobre o mundo surpreenderão os infiéis em suas próprias ideias, mas os salvos estarão seguros com o Pai celestial. O erro dos príncipes é não ouvirem a Palavra, e o do povo é não prestar atenção à lei de Deus. Não importa onde você vive; mesmo em perseguição, você pode viver com o Senhor!      

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares