Filhos do coração | Ongrace | O Portal da Igreja Internacional da Graça de Deus
Isolados não, consagrados!
29/03/2024
Além da fé
29/03/2024
Isolados não, consagrados!
29/03/2024
Além da fé
29/03/2024

Empresários e empreendedores encontram na IIGD incentivo para alavancarem seus negócios à luz da Palavra de Deus

Viviane Castanheira, do Certeza da Vitória

Encontro de empreendedores na IIGD em Tibiri, Santa Rita (PB): Incentivo e orientação – Foto: Arquivo pessoal

COMPARTILHE

O número de novos negócios cresceu no Brasil após a pandemia de covid-19. De acordo com uma pesquisa realizada em 2022 pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em parceria com a Associação Nacional de Estudos em Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas (Anegepe), mais de 93 milhões de brasileiros estão envolvidos com o empreendedorismo, 67% da população adulta.

O Pr. Denys Deivison comanda os encontros em Tibiri há cinco anos – Foto: Arquivo pessoal

Diante desse cenário, a Igreja Internacional da Graça de Deus (IIGD) vem desenvolvendo um trabalho para incentivar e orientar pessoas que empreendem ou pretendem iniciar um negócio. É o que acontece na Igreja da Graça em Tibiri, em Santa Rita, município da Região Metropolitana de João Pessoa (PB). “São reuniões voltadas ao desenvolvimento pessoal dos participantes, conduzindo-os a terem a mente de Cristo. O objetivo é auxiliá-los, à luz das Escrituras, para que assumam a posição de mais que vencedores”, explica o Pr. Denys Deivison Dantas Melquiades, responsável há cinco anos pelos cultos que acontecem toda segunda-feira. 

José Batista Lima em seu escritório: “Deus tem enviado mais e mais clientes” – Foto: Arquivo pessoal

Os ensinamentos do pregador fizeram a diferença na vida do corretor de imóveis José Batista Lima, 56 anos. “Eu trabalhava, mas não prosperava. Recebia propostas de compra, no entanto a venda não se concretizava. Parece que algo travava a negociação”, conta ele, que viveu um período de perda financeira. “O pastor foi usado por Deus para nos mostrar, na Palavra, os métodos que deveríamos pôr em prática, tudo aquilo que o Senhor nos ensina na Bíblia sobre prosperidade”.

Com a mentalidade transformada, José passou a ser fiel ao Altíssimo. “Por meio dos votos que firmei com o Senhor, Ele abriu as portas da prosperidade, enviando mais e mais clientes”, ressalta. O corretor decidiu devolver o dízimo até mesmo dos imóveis que estavam apenas com a promessa de venda. “Deus tem me abençoado profundamente”, alegra-se.

Novas ferramentas

A Pra. Luciana Ribeiro de Melo Monteiro, responsável pelo Congresso Internacional de Grandes Negócios da sede estadual da IIGD em Aracaju (SE) ressalta que o objetivo do evento não é ensinar “técnicas de três passos para se tornar um milionário”, e sim abençoar. “É uma reunião na qual as pessoas recebem a direção da Palavra, que, quando colocada em prática, produz um resultado extraordinário e transforma vidas!”, explica.

Pra. Luciana Ribeiro de Melo da IIGD em Aracaju (SE): direção para superar as adversidades – Foto: Arquivo pessoal

O projeto da IIGD em Aracaju nasceu no auge da pandemia, em 2020, e não parou mais. “Muitas empresas encerraram suas atividades no estado, e o desemprego cresceu abruptamente. Desse modo, a Igreja não poderia ficar de braços cruzados sabendo que empresários e trabalhadores necessitavam de direções advindas das Sagradas Escrituras para superar e vencer as adversidades”. Luciana lembra que os primeiros encontros foram realizados por meio de videochamadas, devido às restrições sanitárias da época. “Todas as segundas, estávamos conectados com cerca de cem pessoas para network, orações e comunhão. No decorrer das semanas, os resultados e os testemunhos começaram a aparecer: muita gente reinventando a forma de negociar, posicionando-se no mercado, aprendendo novas ferramentas e prosperando em meio à pandemia”. Hoje os encontros acontecem de forma presencial e reúnem centenas de participantes na nova sede sergipana.

Os empresários Geise Monique do Carmo e Edanilo Santos do Carmo, ao lado da filha Esther: nova fase – Foto: Arquivo pessoal

Um dos frutos desse trabalho é o casal de obreiros Geise Monique do Carmo de Melo, 37, e Edanilo Santos do Carmo, 36. “Nossa vida mudou. Desde 2011, eu era funcionária de uma escola, onde atuei como professora, coordenadora e diretora. Até que soube da proposta de venda do estabelecimento”.

O desejo de Geise era fechar negócio, porém as condições financeiras dela não permitiam. “Eu não tinha a quantia, mas ouvi na reunião que eu não precisava de dinheiro, necessitava, antes de tudo, da fé. E foi o que fiz”, recorda-se. Crendo no poder do Altíssimo, ela comprou a propriedade e hoje é dona de um dos colégios mais respeitados de Aracaju. “Já temos duas unidades na cidade e adquirimos recentemente um terreno para ampliar uma delas”, relata a empresária, que assumiu a escola há pouco mais de um ano. O marido de Geise, por sua vez, acumulava muitas dívidas, mas conseguiu quitá-las e atualmente é dono de uma empresa de tratores e máquinas de escavação. “Deus é fiel”, diz Edanilo.

Do outro lado do Atlântico

A sede da Igreja da Graça em Lisboa, capital de Portugal, também realiza um trabalho voltado para empreendedores. Nos últimos anos, o país tem se destacado como um importante centro de criação e desenvolvimento de startups (empresa emergente ou recém-criada ainda em fase de desenvolvimento) na Europa. De acordo com a revista de negócios Forbes portuguesa, o número de empresas em solo lusitano aumentou nos últimos 30 anos, atingindo a marca de 1 milhão e 300 mil novos negócios.

A cabeleireira Keila Cristina Vicente da Silva em um dos Encontros de Empreendedores promovido pela sede da IIGD em Lisboa, Portugal – Foto: Arquivo pessoal

A empresária brasileira Keila Cristina Vicente da Silva, 33, é quem está à frente do projeto Encontro dos Empreendedores, na sede da IIGD em terras lusitanas. Natural de Araçatuba, interior de São Paulo (SP), ao se tornar referência no ramo da beleza, a cabeleireira decidiu unir sua experiência e fé para trabalhar junto com a Igreja em favor dos seus conterrâneos. “Vimos, nos templos, muitos empreendedores com sede de aprender mais sobre vida financeira e negócios. Como temos membros com conhecimentos, resolvemos organizar aulas de apoio para os empresários e as pessoas que sonham em empreender”, pontua Keila. Os encontros acontecem a cada 15 dias, sempre às segundas-feiras.

De acordo com a cabeleireira, o conteúdo da reunião é organizado em módulos, a fim de facilitar a compreensão dos participantes. “Na primeira quinzena, ensinamos-lhes a ampliar empresas ou negócios, explicamos sobre as leis portuguesas, porcentagem, faturação, contabilidade etc. Já na segunda, instruímos a respeito da capacitação em mídias digitais e marketing. Estamos no primeiro módulo, e nele os participantes aprendem a colocar a loja ou a marca deles nas redes sociais”. 

A empresária ressalta que os empreendedores recebem orientações de profissionais. “Pessoas especializadas vêm especificamente para compartilhar seus conhecimentos”.  

A história de Keila em solo português se divide em duas etapas: a primeira, em 2019, quando chegou ao novo país com o marido, o barbeiro Valmir Silva, e a filha, Kamily Cristiny, e as dificuldades enfrentadas em busca da legalização dos documentos para realizar o sonho de conquistar o salão de beleza. “No início, não foi fácil. Trabalhei como auxiliar de cabeleireira e manicure, mas valeu a pena”. Ela ressalta que dois anos depois da mudança para Portugal precisou voltar à sua terra natal. “Foi um período muito difícil para nós. Minha sogra havia falecido e, um mês depois, perdi minha mãe também ”, lamenta Keila, que teve de ficar um ano no Brasil até voltar para Portugal.

A segunda etapa foi marcada pelo recomeço. Em 2022, a família pisou novamente em solo lusitano para, finalmente, concretizar o desejo de ter o próprio negócio. “Já éramos legalizados e conhecíamos o mercado de beleza daqui, só faltava conseguir a clientela. Antes disso, trabalhei em outro estabelecimento até inaugurar o meu salão, em 2023. Desde então, o Senhor tem me feito prosperar! Eu e minha família temos vivido momentos incríveis com Deus. Ele é primordial em nossa vida, pois é quem coloca sonhos em nosso coração. Graças ao Criador, hoje podemos viver o que os olhos não viram nem os ouvidos ouviram”, emociona-se a empresária e membro da IIGD desde os 14 anos. “Sou grata a Deus e me sinto honrada por fazer parte desta obra. A igreja é muito especial para nós porque, antes, estávamos sozinhos em Portugal. Na comunidade de fé, somos amados e cuidados, e isso está sendo essencial para o nosso crescimento como empresa e família”, alegra-se. As sedes estaduais da IIGD no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Norte confirmaram para a equipe de reportagem do Boletim Certeza da Vitória que lançarão um projeto direcionado a empresários e empreendedores locais em 2024.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chave Pix Copiada!

A chave Pix foi copiada para a área de transferência.