Mensagens de hoje | R. R. Soares | O Portal da Igreja Internacional da Graça de Deus
Por Causa De Jesus
30/01/2023
Eu Não Tenho Demônio
02/02/2023
Por Causa De Jesus
30/01/2023
Eu Não Tenho Demônio
02/02/2023

COMPARTILHE

E o que vive; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém! E tenho as chaves da morte e do inferno.

Apocalipse 1.18

Após lermos o que o Senhor disse a João sobre ser o Primeiro e o Último, chegamos à conclusão lógica de que nada nos falta. Diante disso, por que temer o amanhã se Cristo é o início e o fim de tudo? Não se deixe enganar pelo maligno, mas se fortifique na fé do Filho de Deus, que veio à Terra para nos livrar da condenação eterna e da escravidão na região das trevas e nos fazer a luz do mundo (1 Ts 1.10; Cl 1.13; Hb 2.14; Fp 2.15). Você deve assumir o seu lugar em Jesus e reinar em vida!

O Criador fez todas as coisas de modo simples, e é dessa forma descomplicada que Ele transmite o Seu recado. A maior revelação dos Céus vem de modo fácil de entender, para que todos possam realizar as mesmas obras feitas por Ele. O segredo é estar em Cristo, e Suas Palavras, em nós, conforme Ele declarou: Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito (Jo 15.7). Com o Salvador, temos o que reivindicar!

Jesus afirmou: E o que vive; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Ora, ninguém mais poderia afirmar isso. Ele é a Vida, o Único que realmente vive no mundo, que era a casa da morte. Como a vinda do Senhor, a luz nasceu nas trevas, o impossível se tornou possível, e a vontade do maligno fracassou. Agora, até os desejos do nosso coração são supridos: Abres a mão e satisfazes os desejos de todos os viventes (Sl 145.16). Tudo é diferente com Deus!

Jesus explica que foi morto, o que sabíamos parcialmente, pois, em se tratando de um membro da Santíssima Trindade, a pergunta era: como? O Pai deu Seu único Filho para morrer em nosso lugar, tirando-nos da região das trevas de modo tão perfeito que ninguém sofreu nada. Eles prenderam e condenaram o Salvador, mas nenhum do Seu grupo de discípulos foi morto também. Tampouco alguém morreu na libertação de Israel do Egito!

Após ter ressuscitado, Cristo veio com o corpo glorificado, pois era as primícias dentre os mortos, um exemplo do tipo de corpo com que os mortos em Cristo ressuscitarão (1 Co 15.20). Ele não precisava mais pleitear ser aceito como o Deus eterno, porque, por concluir a obra, ganhou o direito de salvar a quem, por Ele, chega-se ao Pai (Hb 7.25). Temos de aprender, pela Palavra de Deus, as lições que nos tornarão sábios para ministrar a salvação aos perdidos. Jesus é a nossa Glória! 

Cristo garantiu que, após a ressurreição dos justos, quem morreu salvo por Ele sairá primeiro do túmulo. Já as pessoas vivas serão transformadas para habitar nos Céus e receber corpos glorificados (1 Ts 4.16.17; 1 Co 15.51,52). Não somos pobres coitados, e sim a geração eleita, o povo de propriedade particular do Senhor (1 Pe 2.9,10). Iremos para o melhor e incomparável Lar. Lá, não haverá dor nem demônio.

Jesus finaliza a Sua curta, mas importante, mensagem, dizendo: E tenho as chaves da morte e do inferno. Do que mais precisaria para não deixar o diabo sair quando quisesse ou fazer o que desejasse? Hoje, o inimigo é o derrotado e nunca mais levantará a cabeça. Creia nas palavras de Cristo e seja bendito para sempre. Deus já preparou tudo para receber você!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chave Pix Copiada!

A chave Pix foi copiada para a área de transferência.