Mensagens de hoje | R. R. Soares | O Portal da Igreja Internacional da Graça de Deus
Cumpriu-se a escritura
04/05/2023
Graça Kids lança clipe Eu te amo, mamãe!
05/05/2023
Cumpriu-se a escritura
04/05/2023
Graça Kids lança clipe Eu te amo, mamãe!
05/05/2023
Foto: Maria Teneva

COMPARTILHE

E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.

Gênesis 3.6

O erro de Adão e Eva foi maior do que se pensa: comeram do fruto proibido pelo Senhor. Como alguém pode minimizar o que eles fizeram? Um dia, saberemos a resposta mais clara e explicativa e não teremos dúvidas de que, dada a capacidade que o homem recebeu do Criador, o primeiro casal agiu de forma leviana.  Assim, abriu-se a porta para que o diabo e seus demônios entrassem no mundo e o contaminassem!

O diálogo de Eva com a serpente prejudicou a mulher tremendamente, a ponto de levá-la a pecar – errar o alvo. Todo aquele que entra em diálogo com o acusador peca, fica em suas mãos, vendo, ouvindo e sendo enganado. Ela viu que aquele fruto era bom para comer – foi tentada no corpo. Você pode ser tentado, mas não dê lugar ao diabo (Ef 4.27). Vigie e ore!

Enredada pelo demônio, Eva percebeu que era o contrário do que imaginava, porque a desobediência era agradável aos olhos. Na verdade, ela já estava inerte espiritualmente, pois estava separando-se do Criador. A tentação faz você justificar propostas diabólicas em detrimento da Verdade, que é o próprio Deus (Jo 14.6). Ela ficou deslumbrada com o pecado. Não é isso que acontece a quem dá atenção ao pai da mentira? A infidelidade não acontece por acaso, a conta chegará!

Eva prosseguiu na sua admiração pelo que é pecaminoso. Reparando no fruto “milagroso”, viu que era desejável para dar entendimento. Ora, que tipo de entendimento Eva poderia receber do diabo, se ela e o marido já tinham sido criados perfeitos, com plena sabedoria? A Bíblia oferece: E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não o lança em rosto; e ser-lhe-á dada (Tg 1.5). O desejo para as coisas más tomou conta dela, pois não usou a capacidade com a qual fora dotada desde o início.

Ela comeu literalmente do fruto. A traição estava quase concluída. Ao se encontrar com o marido, contou-lhe sua descoberta. Adão deveria tê-la repreendido e falado com o Senhor sobre o que poderia fazer com ela, pois era inocente até então. A tentação não significa que você pecou, mas, ao atender ao desejo enorme e satânico que toma conta da sua vida, você assinará o contrato de servo do diabo, e será tarde demais.

Eva deu o “presente” ao seu marido, e eles nem ligaram para as consequências de seu mau ato. A Palavra declara: E ele segue-a logo, como boi que vai ao matadouro; e, como o louco ao castigo das prisões, até que a flecha lhe atravesse o fígado, como a ave que se apressa para o laço e não sabe que ele está ali contra a sua vida (Pv 7.22,23). Leia todas as advertências feitas pelo Senhor ao narrar o encontro da adúltera com o jovem sem juízo em Provérbios, do capítulo 5 ao 7. Ainda há tempo!

O banquete estava servido. Por ter conversado com o diabo, Eva estava fora de si. Adão estava lúcido, mas não a repreendeu, e juntos comeram do fruto. Talvez até rissem do Senhor e da proibição dEle. Afinal, eles estavam satisfeitos, pois já haviam se separado de Deus!

R. R. Soares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chave Pix Copiada!

A chave Pix foi copiada para a área de transferência.